Vida Sustentável

Vida Sustentável

Vida Sustentável RSS Feed
 
 
 
 

Teoria e prática agroecológicas estão no centro dos debates em Porto Alegre

Mesa de abertura do Seminário (Foto: Marco Couto/Ag.AL/RS)

Mesa de abertura do Seminário (Foto: Marco Couto/Ag.AL/RS)

Agriculturas mais limpas são defendidas durante X Seminário Estadual e IX Seminário Internacional sobre Agroecologia, que iniciaram nesta terça (25/11) e acontecem até quinta-feira (27/11), no Auditório Dante Barone , da Assembléia Legislativa em Porto Alegre. Para o coordenador do evento e agrônomo da Emater/RS-Ascar, Dulphe Pinheiro Machado Neto, o consumidor tem que ser mais exigente quanto à qualidade dos alimentos que consome. “Precisamos ampliar o número de pessoas que estão sendo conscientizadas, assim como de apoiadores da importância da oferta de alimentos com qualidade a todos, independente de suas diferenças”, destaca Dulphe, ao citar a Exposição da Biodiversidade, localizada no saguão do teatro, como um modelo de disseminação da proposta de uma agricultura sustentável.

O desenvolvimento rural e sua relação com a agroecologia, a formação acadêmica e profissional foram os principais assuntos debatidos no início da tarde desta terça-feira (25). Para o professor Jan Douwe van der Ploeg, da Universidade Wageningen (Holanda), o principal desafio do desenvolvimento rural está em criar novos serviços, novos produtos e novos mercados e não se trata de se instituir como algo anti-tecnológico. “O que se quer é uma tecnologia diferente do que se tem e que não tenha como base os impérios, reequilibrando o sistema de produção para baixar custos e ser mais sustentável”, avaliou.

O desenvolvimento rural impacta na diversificação, na redução de custos e na plurialidade e é intrínseca aos movimentos sociais e a agricultura. As lutas sociais estão ocorrendo dentro dos processos de produção agrícola e fora dele e um dos exemplos dados pelo pesquisador é o das cooperativas territoriais, que são um novo espaço de produção, luta e auto-regulação.

No Brasil um dos exemplos de trabalho que contribui para o desenvolvimento rural e para a agroecologia é o do Grupo Agroecológico Terra Sul (Gats), de Santa Maria, que foi formado no ano de 2000, por estudantes de Agronomia da Universidade Federal de Santa Maria .

Para o professor da Ufsm, Paulo Roberto Cardoso da Silveira, que acompanhou o grupo desde o início, esta iniciativa está sendo implantadas em várias instituições de ensino pelos alunos com o objetivo de aproximar o meio acadêmico dos agricultores.

Silveira afirma que os principais desafios para a agroecologia nas universidades são a inserção recente e limitada, a insuficiência de mudanças curriculares e de espaço acadêmico para a formação profissional em agroecologia, criação de espaços de aprendizagem fora da universidade e o modelo reprodutivo de pesquisa e novas demandas. “Precisamos abrir as universidades para os movimentos sociais, o diálogo com as políticas públicas e promover uma formação diferenciada”, avaliou.

Agricultura de futuro

Recorrer a diversos canais de comercialização foi uma das propostas apresentadas por Manuel González de Molina, da Universidade Pablo de Olavide (Espanha), durante a tarde desta terça-feira. Para ele, isso gera maior margem de lucro aos produtores e menor preço aos consumidores, além de facilitar a diversificação de atividades no meio rural, como o agroturismo, aumentando os postos de trabalho.

Molina antecedeu as apresentações de experiências de Dez anos de transição agroecológica, apresentada pelo agricultor Ênio Nilo Schiavon, da ArpaSul, de Pelotas, e sobre Reflexões de uma agricultora ecologista, feitas por Aldací Bellé, da Cooperativa Aécia, de Antônio Prado.

Ao final da tarde, a agricultora solicitou o apoio da sociedade organizada na liberação do extrativismo no Sul do país. “Existe muitas árvores nativas e o extrativismo pode incentivar as pessoas a plantar mais árvores”, defendeu.

Os Seminários prosseguem nesta quarta-feira (26), com a seguinte programação:

DIA 26/11, QUARTA-FEIRA

Tema C — Pesquisando para a sustentabilidade
9h – Los desafíos de la Investigación en Agroecología
Palestrante: Santiago Sarandón (Universidad Nacional de La Plata – Argentina)
10h – Reflexões sobre o estado da arte do conhecimento agroecológico
Palestrante: João Carlos Canuto (EMBRAPA Meio Ambiente – SP)
11h – Homeopatia na perspectiva da agricultura sustentável
Palestrante: Fernanda Maria Coutinho de Andrade (CNPq/UFV)
12h – Intervalo para almoço

Tema D – Socializando a Agroecologia
14h – A sistematização como um instrumento para a socialização do conhecimento agroecológico 
Palestrante: Córdula Eckert (EMATER/RS-ASCAR)
15h – La Agroecología en México: su estado actual y sus perspectivas – una mirada desde los actores sociales rurales
Palestrante: Jaime Morales Hernández (Universidad de Guadalajara – México)
16h – Construção da Agroecologia: perspectiva histórica a partir dos movimentos sociais 
Palestrante: Paulo Petersen (AS-PTA – RJ)
17h – Encerramento das atividades do dia

DIA 27/11, QUINTA-FEIRA

Tema E – Praticando o processo de transição agroecológica
9h – Cooperativa Ecocitrus: origens, avanços e desafios 
Palestrante: Fábio José Esswein (Ecocitrus – RS)
10h – Transição para a cafeicultura orgânica: limites e possibilidades
Fábio Gonçalves dos Anjos (Coasol – PR)
10h30min – Resgate de sementes: a resistência de três gerações
Palestrante: Vilmar Menegatti (Apema – RS)
11h – Reflexões críticas sobre a transição para agroecossistemas sustentáveis
Palestrante: Fábio Kessler Dal Soglio (Ufrgs)
12h – Intervalo para almoço

Tema F – Palestra de encerramento
14h – É possível construir conhecimento Agroecológico sem pensamento Agroecológico?
Palestrante: Sergio Roberto Martins (UFSC)
15h – Debate

Procedimentos finais
15h30min – Plenária para elaboração, discussão e aprovação de propostas
16h15min – Pronunciamentos finais: Comissão Organizadora
16h30min – Encerramento

Texto das Jornalistas Adriane Bertoglio Rodrigues e Carine Massierer, da Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar.

Comente!!

Indicamos

Receba nossas informações:

Nome:



Email: