Vida Sustentável

Vida Sustentável

Vida Sustentável RSS Feed
 
 
 
 

Alimentos para a saúde

Alimentos funcionais

Alimentos funcionais

Você já ouviu falar dos alimentos funcionais? Recentemente, foram descobertas substâncias presentes nos alimentos que não são, necessariamente, nutritivas, mas apresentam benefícios à saúde e que foram nomeadas como “funcionais” ou bioativas.

A ingestão regular de alimentos ricos nessas substâncias promove a melhoria da saúde, previne e reduz o risco de doenças. De acordo com o nutricionista, Yuri Martins, existe uma série de benefícios que podem ser obtidos com o consumo desses alimentos. “Os efeitos vão depender do tipo de alimento consumido e das substâncias bioativas presentes. De forma geral, eles podem reduzir a pressão arterial e a melhorar a imunidade. Além de serem ricos em antioxidantes e possuírem propriedades anti-infamatórias”, afirma.

O nutricionista dá a dica de alguns alimentos com funções bioativas. “Um bom exemplo é o alho, que possui em sua composição a Alicina e a Quercetina que baixam a pressão arterial, reduzem a glicemia, têm ação bactericida, antifúngica, antiviral, diminuem o colesterol, além de ajudar a prevenir o desenvolvimento de tumores malignos”, explica.

Outro alimento com função bioativa é soja, segundo Yuri, esse grão ajuda a amenizar os efeitos da menopausa. “A soja contém Isoflavona, que também diminui o risco de se desenvolver doenças cardiovasculares”, diz o nutricionista.

Yuri lembra que esses alimentos já são consumidos naturalmente pela população. “O que devemos buscar é o equilíbrio e a quantidade certa no consumo diário para que os possíveis efeitos benéficos possam ser mais bem aproveitados pelo organismo. Vale lembrar que a forma de utilização na gastronomia e a inserção desses alimentos no dia a dia precisam ser planejadas para que esse alimento não interfira negativamente no aproveitamento de outros nutrientes. Neste caso, o nutricionista é o profissional indicado para introduzir esses alimentos da melhor forma na dieta”, completa.

Existem cápsulas das substâncias disponíveis no mercado que podem ser uma outra alternativa. “O alimento sempre deve ser alimento, nada pode substituí-lo. A dieta e o padrão alimentar devem ser equilibrados, para que não haja a necessidade de se consumir cápsulas. Os suplementos são uma boa opção quando um possível componente bioativo existente no alimento não é suficiente para trazer tais benefícios á saúde. As cápsulas não trazem os alimento e, sim, o princípio de tanto interesse a saúde. O que as pessoas devem ter em mente é que a melhor opção é sempre consumir os alimentos e, com auxilio de um profissional capacitado, realizar suplementação dessas substâncias de acordo com as necessidades individuais”, reforça.

Não é possível generalizar a melhor forma de consumo dos alimentos bioativos. Cada pessoa tem suas necessidades específicas, seus hábitos, rotina diária de trabalho, exercícios físicos e alimentos. Todos os aspectos devem ser levados em consideração, para se obter uma conduta ideal que promova um resultado positivo.

Perfil daFarmacotécnica – A Farmacotécnica – Instituto de Manipulações Farmacêuticas, empresa genuinamente brasiliense, oferece assistência farmacêutica há mais de 30 anos com o objetivo de dar opções ao médico de prescrever o medicamento sob medida e na dose certa para cada paciente. Para isso, trabalha com farmacêuticos especializados credenciados pela Associação Nacional de Farmacêuticos Magistrais (Anfarmag). A sua missão é manipular medicamentos com precisão, produzir e comercializar produtos diferenciados no mercado. Atualmente, a Farmacotécnica conta com oito farmácias equipadas com laboratórios de última geração. Sua estrutura compreende laboratórios de sólidos, semi-sólidos e de líquidos, uma indústria de cosméticos, laboratórios de controle de qualidade, e uma chácara de cultivo de ervas medicinais.

Dicas de alimentos “funcionais”: – Uva e frutas vermelhas- Efeito antioxidante, ajuda na diminuição do LDL colesterol e auxilia, na menopausa, a reduzir os sintomas do climáteiro | – Soja- Contém Isoflavonas, que auxiliam no alívio dos sintomas da mepopausa e reduzem o risco de desenvolver doenças cardiovasculares | -Aveia – Possui Betaglucana que ajuda no controle de glicemia e do colesterol sérico | – Peixe de água fria e linhaça- Omêga 3, previne o surgimento de doenças cardiovasculares, doenças auto-imunes e efeito anti-inflamatórios.

Fonte: Revista Fator Brasil.

Comente!!

Compre aqui

Indicamos

Receba nossas informações:


Nome:



Email: