Vida Sustentável

Vida Sustentável

Vida Sustentável RSS Feed
 
 
 
 

Diversidade de cores: os segredos de uma alimentação saudável


Uma refeição colorida é a melhor forma de manter a saúde em dia. Quanto maior a diversidade de cores no prato, mais variedade de nutrientes indispensáveis ele irá conter. “Os pigmentos coloridos dos vegetais e frutas protegem nossas células contra a ação dos radicais livres, fortalecem o sistema de defesa, previnem as doenças cardiovasculares, favorecem a homeostase da flora bacteriana intestinal e previnem contra doenças crônico-degenerativas”, aponta o Dr. Durval Ribas Filho, médico nutrólogo e presidente da Associação Brasileira de Nutrologia – ABRAN.

A cor dos alimentos representa substâncias importantes e os benefícios que cada uma delas proporciona ao corpo. Cada cor é responsável por uma função diferente. Não é uma regra, mas, geralmente, funciona dessa forma. Segundo o professor Ribas, há seis grupos de alimentos, divididos entre branco, vermelho, amarelo, verde, marrom e preto ou roxo.

A refeição com maior variedade de cores é uma importante aliada na prevenção de doenças. Além de bonito e atrativo, um prato diversificado pode, por exemplo, reduzir a incidência de câncer. “Os alimentos de cor vermelha, como o tomate ou o morango, contém uma substância chamada licopeno. Considerado um antioxidante natural, ele protege o organismo de substâncias químicas agressivas às células, sendo capaz de prevenir o câncer”, explica o médico nutrólogo.

O problema comum é que as pessoas não conseguem manter uma dieta balanceada, pois, em geral, não têm tempo para fazer uma alimentação realmente saudável. “Grande parte da população tem refeições monocromáticas. Na maior parte das vezes, o bege é a cor predominante, como no macarrão ou pão”, conta o médico. Ele ainda explica que os pratos pálidos, como são chamados, se consumidos constantemente aceleram o processo de envelhecimento e predispõe o organismo a várias doenças, como colesterol, câncer ou diabetes.

Confira os benefícios de cada cor:

Branco: Fortalecimento

Exemplo: Banana, batata, couve-flor, feijão branco, leite.

Fontes de potássio e cálcio contribuem para a manutenção dos ossos, favorecem a regulação dos batimentos cardíacos e são fundamentais para o funcionamento do sistema nervoso e dos músculos.

Vermelho: A cor da força

Exemplo: Pimentão vermelho, tomate, morango, melancia, goiaba.

Estes alimentos são indicados contra depressão, cansaço, ou falta de desejo sexual. O vermelho, proveniente do licopeno, aparece associado à vitamina C, formando uma dupla com o efeito antioxidante, que entre vários benefícios, previne o câncer e colabora para o tratamento do estresse.

Amarelo ou laranja: Reforçam as defesas

Exemplos: Mamão, cenoura, laranja, milho, abóbora.

São ricos em betacaroteno, fundamental para a manutenção dos tecidos e cabelos. Ricos em vitamina C, participam da ação do colágeno e tem ação antioxidante contra os radicais livres. Também beneficiam a visão e fortalecem o sistema de defesa. Alguns destes alimentos também são capazes de prevenir o câncer de mama.

Verde: Limpeza do organismo

Exemplos: Abacate, abobrinha, alface, quiabo, repolho, brócolis, kiwi.

Nestes alimentos o pigmento responsável é a clorofila, considerada um importante energético celular. Desintoxica as células, inibe os radicais livres, protege o cabelo e a pele. Impede que o organismo absorva as substâncias químicas.

Marrom: Regulador do intestino

Exemplos: Soja, aveia, arroz integral, trigo, lentilha, nozes.

São ricos em fibras, por isso favorecem o bom funcionamento do intestino, prevenindo a prisão de ventre. Também têm efeito antioxidante, vasodilatador, e combatem a ansiedade e a depressão.

Preto ou roxo: Retardam o envelhecimento e cuidam do coração

Exemplos: Ameixa, uva, jabuticaba, beterraba, repolho-roxo, alcachofra.

Contém antocianina, pigmento ligado à vitamina B1. Os alimentos desta cor retardam o envelhecimento, neutralizam as substâncias cancerígenas, antes que elas alterem o código genético. Auxiliam o sistema nervoso, pois favorecem a circulação e protegem o coração. Também contém boa quantidade de ferro.

Fonte: SEGS Portal Nacional.

Comente!!

Indicamos

Receba nossas informações:

Nome:



Email: