Vida Sustentável

Vida Sustentável

Vida Sustentável RSS Feed
 
 
 
 

Curso de agricultura urbana introduz novas técnicas para trabalhar hortas

Horta comunitária do Movimento de Mulheres Camponesas

Horta comunitária do Movimento de Mulheres Camponesas

Um terreno baldio pode ser um depósito de entulho ou um espaço de cuidado com o meio ambiente, paisagismo, produção de alimentos e cooperação entre vizinhos e amigos.

É sob esta perspectiva que o Centro Ecológico e seus parceiros vêm promovendo cursos de agricultura urbana através do projeto Agricultura Ecológica, Soberania Alimentar e Economia Solidária.

O mais recente foi desenvolvido em quatro dias, no município de Três Cachoeiras (RS), envolvendo as hortas comunitárias do MMC – Movimento de Mulheres Camponesas, a Horta Comunitária do Bairro São João e jovens da Arte de Rua, através da Secretaria Municipal da Assistência Social.

A etapa teórica foi nos 24 e 26 de junho. Nos dias 01 e 03 de julho foram realizadas práticas na Horta do Bairro São João e em uma horta do MMC. Os participantes desenharam e montaram mandalas com materiais reciclados e resíduos orgânicos, não somente os restos de alimentos como também sobras de poda, folhas e grama que seriam descartados.

A técnica que utiliza mandalas é relativamente nova e vem de uma preocupação com a estética, que é importante no meio urbano e também porque na permacultura trabalhamos os ciclos de energia, explicou o agricultor Nelson Bellé, ministrante do curso. De acordo com Bellé, transformando o que iria para um lixão em nutrientes para o solo, este trabalho também contribui para reduzir o problema do aquecimento global. Isto porque os lixões emitem gás metano – que assim como o CO2 é um gás de efeito estufa. 

Fonte: Centro Ecológico Ipê/Serra.

Comente!!

Compre aqui

Indicamos

Receba nossas informações:


Nome:



Email: