Vida Sustentável

Vida Sustentável

Vida Sustentável RSS Feed
 
 
 
 

Suplementação vitamínica: saiba quando ela é necessária

brocoli1

A escassez de vitaminas e minerais é um problema que atinge um terço da população mundial. Esta deficiência nutricional pode gerar inúmeros problemas em curto e longo prazo, tais como: anemia, fadiga, cáries, perda de concentração e, até mesmo, maior suscetibilidade a infecções, arritmias cardíacas, depressão, osteoporose, hipertensão e câncer. Por mais que você pratique exercícios físicos e se alimente de maneira saudável, a disfunção metabólica impede o emagrecimento.

“Uma dieta saudável, individualizada e a mudança dos hábitos alimentares são fundamentais para manter o equilíbrio de nutrientes que cada pessoa necessita. É importante realizar o acompanhamento médico e nutricional para adequar as vitaminas e minerais e auxiliar no tratamento da perda de peso”, explica a nutricionista e tutora do Portal Educação, Ana Paula Leão Rossi.

De acordo com o geriatra Eduardo Gomes de Azevedo, apenas três das 26 substâncias indispensáveis para a sustentação da vida são produzidas espontaneamente pelo organismo, mas em quantidades inferiores as que necessitamos. Sendo assim, é importante e aconselhável que se busque os outros nutrientes por meio de uma dieta equilibrada e variada.

Suplementação vitamínica

Algumas pessoas optam pela suplementação vitamínica, mas muitas vezes nem sabem a função ou a necessidade desses micronutrientes. Até mesmo os americanos, que são os maiores consumidores destas vitaminas, pouco sabem sobre seu funcionamento.

Azevedo ressalta que é preciso ter cuidado com as vitaminas. As lipossolúveis – solúveis em gordura: A, D, E, K – depositam-se no organismo, ao contrário das solúveis em água – como as do complexo B e C – que são eliminadas na urina. Porém, tanto as lipossolúveis como as do complexo B, se ingeridas em doses altas, podem intoxicar o organismo, e seus sintomas são muito semelhantes com os da deficiência desses nutrientes.

Dessa forma, o melhor e mais indicado é recorrer à orientação de um profissional antes de tomar qualquer vitamina, que só deve ser inserida numa dieta em decorrência de uma indicação médica e em quantidades adequadas. Sangramentos e distúrbios neurológicos podem vir a ocorrer se estas vitaminas forem utilizadas exageradamente.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Portal Educação

Comente!!

Indicamos

Receba nossas informações:

Nome:



Email: