Vida Sustentável

Vida Sustentável

Vida Sustentável RSS Feed
 
 
 
 

Encontro da Agroecologia reuniu em Ipê 805 camponeses

Plenária de abertura (foto: Centro Ecológico).

Plenária de abertura (foto: Centro Ecológico).

Durante os dias 13 e 14 de novembro e com encerramento no domingo (15), uma hora antes do zênite solar pelo horário da natureza, 805 camponeses ecologistas estiveram reunidos na Capital Nacional da Agroecologia – Ipê/RS. O encontro trouxe caravanas de todos os Núcleos da Rede, distribuidos pelos 3 estados da região sul. Foram debatidos temas de interesse da Agroecologia, meditações sobre ações de fortalecimento junto aos atores do campo & cidade (consumidores conscientes) e ainda a indispensável elaboração de estratégias visando parcerias institucionais.

Neste sentido, o segundo dia foi dedicado aos Seminários e Oficinas. De livre escolha, havia 6 opções temáticas no período da manhã e 32 no seguinte, respectivamente. Agricultores urbanos que participam da Feira Agroecológica mensal de Itajaí, tiveram pela 1ª. vez, oportunidade de vivenciar o clima de como o movimento constrói seu processo organizativo, trocaram experiências e ampliaram o leque de conhecimentos de raiz. A eles: Maria Lucia de Faria, Eliziana André e Gentil Pessoa de Faria, cumprimentos pelo esforço e dedicação.

O FCES tb tinha representantes, a saber: Maria Helena Kirchner/EES de Tunápolis, Ma- ria Dênis Schneider/EES Cuidar de Si, Erika Sagae/Cepagro ambas de Floripa, Kristiany Bender/ EES de Blumenau e Antonio Augusto Mendes/EES Sabor Solidário de Laguna, exercendo mandato de Presidente do Conselho Estadual da Alimentação Escolar. Foi prazeroso revê-los e desfrutar de alegre convivência.

sementes crioulas (Foto: Centro Ecológico)

sementes crioulas (Foto: Centro Ecológico)

Parcerias positivas

A organização do evento fechou valiosas parcerias. Todas as entidades representativas do Município aderiram, destacando-se o empenho pessoal do Prefeito e sua equipe. Assim sendo, viabilizou-se a forma e a profundidade do êxito colhido. Substancial carga de energias construtivas retornou para as bases.

Diretrizes

Vale colocar em evidência aquela que estabelece estreitar relações com o movimento de ECONOMIA SOLIDÁRIA. Os veteranos do movimento sabem que o eixo gargalo – Produção, Comercialização e Consumo Solidário, depende de esforços concentrados para avançar. Na perspectiva de convergências e animação, proponho interlocução com a diretriz antes citada. Temos consciência que não causará vertigem promover vital diálogo com o Circuito de Comercialização da Rede ECOVIDA. Aprendizagem em logística beneficiará as instâncias base do segmento de EES com uma análise realista do cenário político/operacional a ser enfrentado, conjuntamente com as potencialiadades de como a engrenagem flui. ONG CEMEAR/NÚCLEO ALTO VALE – obrigado pela acolhida e cordial solicitude.

Relato de Alexandre Tkotz, da associação Agricultores Amigos da Árvore – 4 As / Indaial – SC. Publicado pelo Fórum Brasileiro de Economia Solidária.

Comente!!

Compre aqui

Indicamos

Receba nossas informações:


Nome:



Email: