Vida Sustentável

Vida Sustentável

Vida Sustentável RSS Feed
 
 
 
 

Tecpar é credenciado para atuar na certificação de produtos orgânicos

A Divisão de Certificação do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) recebeu, nesta quarta-feira (1), a credencial para atuar na certificação de sistemas orgânicos de produção. É a primeira instituição acreditada no âmbito do Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade Orgânica (SisOrg), do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa).

A cerimônia de entrega do documento foi realizada no auditório do centro de treinamentos do Tecpar, na CIC, e contou com a presença do coordenador de Agroecologia do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Rogério Dias, do secretário da Agricultura, Erikson Camargo Chandoha; do secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Nildo José Lübke; e do diretor-presidente do Tecpar, Luiz Fernando de Oliveira Ribas, entre outras autoridades.

Durante a abertura do evento, o diretor-presidente do Tecpar, Luiz Fernando de Oliveira Ribas, destacou o apoio dado pelo governo do Estado às ações e projetos do instituto. “Hoje estamos recebendo esse credenciamento que representa o reconhecimento de um trabalho que iniciou em 2004 e se consolidou em 2010”, ressaltou.

Para o coordenador de Agroecologia do Mapa, Rogério Dias, o sistema foi desenvolvido pelo ministério para atender tanto o mercado interno, quanto o externo. “É uma proposta diferenciada de ver o processo produtivo pensando na sustentabilidade. Foi uma grande caminhada do Tecpar e do ministério. Por isso entregar essa credencial ao instituto significa reconhecer os esforços de um estado que sempre esteve à frente de projetos voltados à agricultura orgânica”, destacou, lembrando que o primeiro encontro de agricultura alternativa, assim chamada na época, aconteceu em Curitiba, na década de 1980.

“A saúde deve ocupar um espaço prioritário nas ações de governo e esse credenciamento representa a conclusão de um processo que teve entre os seus objetivos levar até a mesa dos brasileiros produtos com qualidade e principalmente saudáveis”, salientou o secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Nildo José Lübke.

SELO – O selo oficial vai ser usado para identificar e controlar a produção nacional de orgânicos e, a partir de janeiro de 2011, estará estampado em todos os produtos orgânicos certificados por Auditoria e Sistemas Participativos de Garantia. A certificação é compulsória. Será exigida dos produtores para a comercialização.

Para o diretor-presidente do Tecpar, receber o credenciamento do ministério representa um momento especial para a instituição e para os seus técnicos. “Passamos por um processo rigoroso de qualificação e sabemos que o credenciamento irá valorizar o trabalho dos pequenos produtores”, afirmou Ribas.

DIVISÃO DE CERTIFICAÇÃO – Criada em 2004, quando foi instituído no Brasil o sistema orgânico de produção agropecuária, a Divisão de Certificação do Tecpar tem como objetivos avaliar se produtos, processos e/ou serviços estão em conformidade com requisitos nacionais e internacionais.

Em 2007, a divisão obteve credenciamento junto ao Fórum Internacional de Acreditação de Orgânicos (IFOAM) para certificar produtos orgânicos, o que proporcionou aos pequenos produtores a oportunidade de comprovar a qualidade do que oferecem e ao consumidor a certeza de estar comprando um alimento que, durante o seu cultivo, não teve contato com produtos químicos.

Já em 2009 começaram as atividades do Programa Paranaense de Certificação de Orgânicos, um projeto financiado pela Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), que tem como objetivo a promoção do acesso de pequenos produtores e agricultores familiares à certificação. Frutas, hortaliças, grãos, adubos, geleias, picles e conservas, chás, temperos e condimentos estão entre os principais produtos certificados pela equipe de técnicos da divisão.

Fo nte: Agência de Notícias do Paraná.

Comente!!

Indicamos

Receba nossas informações:

Nome:



Email: