Vida Sustentável

Vida Sustentável

Vida Sustentável RSS Feed
 
 
 
 

SPG motivou visita de grupo do Projeto Dom Hélder Câmara ao Núcleo Litoral Solidário da Rede Ecovida

O desejo de conhecer um sistema legal de certificação de produtos orgânicos, realizado com a participação de agricultores e consumidores, motivou a visita de um grupo do Nordeste a iniciativas de produção e comercialização de alimentos ecológicos no Litoral Norte do Rio Grande do Sul.

Foi entre os dias 21 e 25 deste mês de novembro que técnicos e agricultores do Projeto Dom Hélder Câmara visitaram propriedades ecológicas, agroflorestas, escolas, agroindústrias, uma cooperativa de produtores e duas cooperativas de consumidores integradas ao Núcleo Litoral Solidário da Rede Ecovida de Agroecologia.

“O objetivo desta visita de formação é consolidar a participação dos agricultores familiares na cadeia produtiva do algodão”, disse Fábio Santiago, coordenador geral do trabalho que desde 2008 busca resgatar esta cultura no semiárido nordestino de uma forma sustentável para os agricultores familiares, mediante o consórcio com hortas e pomares.

“Queremos dar crédito ao que nós mesmos fazemos”

Segundo o agrônomo, a proposta é obter o selo de garantia de produção orgânica do algodão junto a um instituto reconhecido no exterior e fazer também a certificação participativa, de uma forma muito semelhante a que está sendo feita pela Rede Ecovida através de seus núcleos regionais, especialmente o Litoral Solidário: “com a certificação participativa a gente mesmo quer dar crédito ao que nós fazemos, mas como tem essa comercialização para a União Europeia, é uma exigência de mercado, tem que ter essa terceira parte”.

Organização e cooperativismo

Na opinião da agricultora Andressa Gomes da Cunha – responsável pelas inscrições e cadastros de outras famílias no projeto do algodão -, a organização e o cooperativismo foram os pontos mais marcantes da visita: “tem muitas ideias e ninguém trabalha sozinho”, percebeu a jovem que mora em um assentamento na localidade de Maraquetá, interior do município de Quixeramobim, Ceará.

A visita foi acompanhada pela equipe técnica do Centro Ecológico.

Projeto Dom Hélder Câmara

O Projeto Dom Helder Câmara é um acordo de empréstimo entre o Governo Brasileiro/Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e o Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrário/FIDA.

Fonte: Centro Ecológico – Assessoria e Formação em Agricultura Ecológica.

One Response to “SPG motivou visita de grupo do Projeto Dom Hélder Câmara ao Núcleo Litoral Solidário da Rede Ecovida”

  1. 1
    Francisco Antonio do Nascimento:
    E maraviloso o projeto de dom helder sob o bio dejestor pena que nao ten passoa passo

Comente!!

Compre aqui

Indicamos

Receba nossas informações:


Nome:



Email: