Vida Sustentável

Vida Sustentável

Vida Sustentável RSS Feed
 
 
 
 

Agricultores do DF recebem incentivos para produzir orgânicos

Agricultores locais que adotaram o cultivo sem agrotóxicos incentivaram os vizinhos produtores a migrar da prática convencional para a orgânica (Bernardo Rebello/ASN)

Com o intuito de mostrar aos produtores rurais a importância e as vantagens da produção orgânica, o Sebrae no DF, com apoio de outras instituições, promoveu um seminário sobre o tema na sede da Associação dos Produtores do Núcleo Rural Lago Oeste (Asproeste). As mais de 50 pessoas que lotaram o auditório da entidade receberam orientações sobre certificação, custo, legislação e processo de produção de alimentos livres de agrotóxicos.

“Formamos um grupo que acreditamos e almejamos entregar ao país uma agricultura saudável”, afirmou, na abertura do seminário, o presidente do Sindicato dos Produtores Orgânicos do DF, Moacyr Pereira. O detalhamento do processo produtivo de orgânicos foi feito por técnicos da Emater (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural), da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), do Ministério da Agricultura e do Sebrae no DF.

Agricultores locais que adotaram o cultivo sem agrotóxicos incentivaram os vizinhos produtores a migrar da prática convencional para a orgânica. “Vamos lutar para trazer cursos para capacitar os produtores do Lago Oeste. O objetivo é incentivar quem já produz a mudar para o orgânico e quem ainda não é produtor, começar a produzir da maneira certa”, disse Gilsérgio dos Santos, 42 anos, produtor de cogumelos orgânicos.

Para prestar assistência aos produtores orgânicos do DF, o Sebrae criou, em parceria com o Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), o Projeto Negócio Certo. Ele visa capacitar os empreendedores rurais na área de gestão. O Sebrae também ajuda o agricultor que já produz alimentos orgânicos a obter a certificação de seus produtos, junto às credenciadoras. “O produtor precisa se ver como empresário, não basta apenas produzir. Também é preciso trabalhar a parte comercial”, alertou o gestor do Projeto Mundo Orgânico do Sebrae no DF, Thiago Melo.

Por Mariana Sacramento, Agência Sebrae de Notícias.

Comente!!

Indicamos

Receba nossas informações:

Nome:



Email: