Vida Sustentável

Vida Sustentável

Vida Sustentável RSS Feed
 
 
 
 

Suplementos vitamínicos ajudam a prevenir câncer em homens

Tomar um multivitamínico diariamente durante anos pode diminuir o risco de câncer, de acordo com uma nova pesquisa da Harvard Medical School. Os resultados foram publicados essa semana no Journal of the American Medical Association.

O estudo acompanhou quase 15.000 homens de meia idade, que foram divididos em dois grupos: metade tomava um suplemento multivitamínico diariamente e a outra metade recebeu o placebo. Comportamentos de saúde que poderiam afetar o risco de câncer, como o tabagismo e exercício, foram divididos igualmente entre os grupos.

Após 11 anos, o grupo da vitamina apresentou 1290 casos de câncer. No grupo placebo, havia 1379 casos. Cerca de metade dos tumores em cada grupo era da próstata. Analisando os resultados, os cientistas observaram uma redução de 8% no risco de câncer em geral por parte dos homens que tomaram os suplementos. Quando retiraram os casos de câncer de próstata da conta, houve uma redução de 12% na incidência de todos os outros tipos de câncer. Ainda não está claro, entretanto, se as descobertas se aplicam a mulheres ou homens mais jovens.

De acordo com os pesquisadores, os multivitamínicos são eficazes na prevenção de doenças relacionadas à alimentação e os nutrientes a mais fornecidos pelos suplementos ajudam o corpo a combater os radicais livres com mais eficácia. Eles alertam, contudo, que a suplementação nunca deve substituir uma alimentação saudável, rica em frutas e verduras e precisa sempre de indicação médica.

Adote cinco passos para prevenir vários tipos de câncer

O câncer acontece principalmente devido à maior exposição aos fatores de risco, como o cigarro, alimentação inadequada e o abuso do álcool. Quem segue uma vida mais saudável consegue se prevenir e diminuir os riscos de ter a doença. Para estimular a população na luta pelo controle e prevenção, o Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp) lançou uma cartilha listando os passos que afastam a doença:

Diga não ao álcool e ao cigarro

O cigarro carrega cerca de 4720 substâncias, sendo mais de 400 delas altamente cancerígenas. Os cânceres mais comuns relacionados ao tabaco são de pulmão, laringe, boca, câncer de fígado e leucemia, brônquios e bexiga. O oncologista Gilberto de Castro Jr., do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp), explica que o álcool aumenta o risco de tumores localizados nos órgãos afetados pelo fumo por potencializar os efeitos do cigarro.

Use camisinha

O papiloma vírus humano (HPV) – doença sexualmente transmissível – é o principal responsável por alguns tipos de câncer, como o câncer do colo do útero, vulva, pênis e orofaringe (garganta). Por isso, é muito importante praticar sexo seguro e sempre com o uso da camisinha – até mesmo para o sexo oral.

Invista em uma dieta saudável

Evite o consumo excessivo de açúcares, de gorduras, de carne vermelha, de porco e das processadas. Invista em uma dieta rica em frutas, legumes e verduras, que são fontes de fibras e antioxidantes e protegem o intestino contra o câncer.

Evite o consumo de alimentos ricos em sódio e conservantes

Os alimentos processados são ricos em uma substância chamada nitrosamina, que é cancerígena. Por isso, lembra o nutrólogo Roberto Navarro, é importante que esse tipo de alimento seja evitado ao máximo.

Faça um check-up anual

Existe uma série de exames que são fundamentais na hora de detectar os diversos tipos de cânceres. Entre eles, Gilberto de Castro Jr. lembra a mamografia, que deve ser feita a partir dos 50 anos para detectar o câncer de mama ou a coleta do PSA – exame de sangue que pode diagnosticar câncer de próstata.

Fonte: Minha Vida.

Comente!!

Compre aqui

Indicamos

Receba nossas informações:


Nome:



Email: