Vida Sustentável

Vida Sustentável

Vida Sustentável RSS Feed
 
 
 
 

Construindo pontes para a COP 20 do clima no Peru

Osver Jaime Polo Carrasco, coordenador da Iniciativa Construyendo Puentes no Peru (Blog do Villar).

A  20ª Conferência das Partes da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (COP 20) e a 10ª Reunião das Partes do Protocolo de Kyoto (CMP 10) acontecem de 1º a 12 de dezembro de 2014 em Lima no Peru. A expectativa é que sejam negociados os pontos chaves do novo acordo climático mundial que deverá ser assinado em Paris em 2015. “Com muita pressão dos movimentos sociais”, afirma nesta entrevista o peruano Osver Jaime Polo Carrasco, da Iniciativa Construyendo Puentes.

Blog do Villar: Já foi definido o local onde será realizada a COP 20 em Lima?
Osver: O encontro oficial será no “Pentagonito” (Quartel General do Exército do Peru), onde há uma área bem grande para armar uma infraestrutura. Fica no distrito de San Borja, no sul de Lima.

Blog do Villar: E o encontro paralelo da sociedade civil?
Osver: O local do encontro paralelo da sociedade civil será definido até o final de março. Estamos tentando que seja o mais perto do oficial e mais do que isso, que o fórum alternativo tenha uma relação com o que estará sendo discutido na COP 20.

Seminário sobre Mobilização Social para a COP 20 realizado no dia 22 de janeiro de 2014 na Câmara Municipal de Porto Alegre (RS), uma das atividades do Fórum Social Temático Crise Capitalista, Democracia, Justiça Social e Ambiental
Seminário sobre Mobilização Social para a COP 20 realizado no dia 22 de janeiro de 2014 na Câmara Municipal de Porto Alegre (RS), uma das atividades do Fórum Social Temático Crise Capitalista, Democracia, Justiça Social e Ambiental

Blog do Villar: A mobilização será maior do que na COP 19 de Varsóvia?
Osver: Em Varsóvia foi pequena a presença dos movimentos sociais pressionando os governos do lado de fora da conferência. Este é o nosso desafio agora, fortalecer os movimentos climáticos para fazer uma força de voz mobilizadora que pressione nas negociações.

Blog do Villar: E quem vai participar da pré-cop em outubro na Venezuela?
Osver: Representantes das principais redes do mundo vão apresentar contribuições sobre os principais pontos que serão negociados. Um documento será construído. Mas será no Fórum Alternativo em Lima que teremos que criar todas as condições mobilizadoras.

Blog do Villar: Que te pareceu a ideia do governo brasileiro, apresentada aqui no Fórum Social Temático de Porto Alegre (RS), de tentar construir uma estratégia regional para a mudança do clima através da Comissão Econômica para América Latina e Caribe (Cepal)?
Osver: Parece uma ideia interessante. O Brasil pode assumir um papel importante de convocar os governos da região. Em Varsóvia se viu que os países latino-americanos não estão unidos, mas divididos por blocos. Complica mais as negociações, pois não se pensa na América Latina, mas em interesses próprios de cada país.

Osver Jaime Polo Carrasco, coordenador da Iniciativa Construyendo Puentes no Peru
Osver Jaime Polo Carrasco, coordenador da Iniciativa Construyendo Puentes no Peru

Blog do Villar: O que é a Iniciativa Construyendo Puentes?
Osver: É um espaço de rede latino-americano. Um dos nossos objetivos é influenciar as negociações climáticas. Participamos do Grupo Perú COP 20 com outras organizações da sociedade civil. Estamos trabalhando para sensibilizar os peruanos sobre o que será esta conferência do clima. A segunda frente de trabalho é organizar oficinas para elaborar propostas do que queremos. É uma oportunidade para realizar políticas públicas peruanas.

Blog do Villar: Quais prioridades para os peruanos?
Osver: Necessitamos uma estratégia atualizada para a mudança do clima. Em nosso país precisamos impulsionar a Comissão Nacional de Mudança do Clima, um espaço criado pelo governo, com participação de toda a sociedade, mas que está debilitado.

Blog do Villar: Vocês esperam uma participação massiva dos movimentos sociais na COP 20 ou a frustração das negociações anteriores pode desmobilizar os movimentos?
Osver: Estamos construindo um comitê internacional de apoio à COP 20. Sabemos que há um desgaste de todo o processo de negociação climática, mas não podemos simplesmente dizer que isso não nos serve. Temos que assumir um papel mais propositivo. As redes que saíram da COP 19 disseram claramente “voltaremos”. Mas voltaremos para trabalhar em um processo de mobilização para pressionar os governos.

Blog do Villar: Quantas pessoas são esperadas em Lima?
Osver: Segundo o Ministério do Meio Ambiente, 15 mil pessoas. No entanto, não queremos que os delegados venham ao Peru apenas para passear.

Por Roberto Villar Belmonte.

Comente!!

Compre aqui

Indicamos

Receba nossas informações:


Nome:



Email: