Vida Sustentável

Vida Sustentável

Vida Sustentável RSS Feed
 
 
 
 

Alimentos funcionais ajudam a prevenir alguns tipos de câncer

A adoção de um estilo de vida saudável, que inclui dieta equilibrada, prática de atividade física e controle do peso corporal, auxilia na prevenção de câncer de mama, próstata, intestino, estômago, pulmão, dentre outros de alta incidência na população brasileira e mundial.

No Brasil, segundo o Instituto Nacional do Câncer – INCA, observa-se que os tipos de câncer que se relacionam aos hábitos alimentares estão entre as seis primeiras causas de mortalidade pela doença.

Com base nesse cenário, o A.C.Camargo Cancer Center relacionou alguns alimentos que podem ajudar a prevenir tumores e aproveitou o Dia Mundial da Alimentação para enfatizar a importância de se reforçar o papel da alimentação saudável para a prevenção de câncer.

Alimento funcional é aquele que, além das funções nutricionais básicas, quando consumido como parte da dieta habitual produz efeitos benéficos à saúde. “Alguns exemplos são os cereais integrais, leguminosas (feijão, soja etc.), linhaça, brócolis, couve flor, espinafre, tomate, alho, cebola, melancia, morango, goiaba, uva, peixes marinhos, chá verde e castanhas”, destaca a Supervisora de Nutrição do A.C.Camargo, Fernanda Pires.

Os tipos de câncer e a influência dos alimentos
Câncer de mama e próstata – os alimentos que ajudam a prevenir o câncer de mama são os que contêm licopeno, como frutas de coloração avermelhada, além daqueles que contém vitamina C e E, por conta dos radicais livres, como soja, castanhas, brócolis, couve flor. “A soja tem um papel muito parecido com o hormônio feminino, pois contêm fitoestrógeno”, destaca a nutricionista do A.C.Camargo, Ana Carolina Cantelli.

Também se destaca o ômega 3, que pode ser encontrado em peixes como o salmão, atum e sardinha. O ômega 3 também está presente em sementes como a chia e a linhaça e  auxilia na prevenção dos tumores de mama e de próstata,  como também ajuda a aumentar o colesterol bom (HDL) e a abaixar o colesterol ruim (LDL).

Em se tratando exclusivamente de câncer de próstata, o papel de destaque fica por conta do licopeno, que é encontrado, por exemplo, no tomate, molho de tomate, goiaba vermelha e melancia.

Para a prevenção de tumores de intestino e de reto por o recomendável é evitar a ingestão de alimentos gordurosos e embutidos, assim como o consumo excessivo de carne vermelha. Por sua vez, é válido dar preferência a alimentos como o chá verde e a soja, além de adotar uma alimentação rica em frutas, verduras e legumes, que são fontes de fibras.

Para a região da cabeça e pescoço, que compreende a boca, faringe, laringe e tireóide, os alimentos funcionais que auxiliam na prevenção são a abóbora e a cenoura (fontes de vitamina A), as frutas cítricas, como o abacaxi, e a acerola (ricas em vitamina C) e vegetais de cor verde escura, como o brócolis (ricos em vitamina C).

A dieta recomendada para auxiliar na prevenção de câncer de estômago deve privilegiar a ingestão de frutas e verduras, principalmente os alimentos fontes de vitamina C, como laranja, limão, acerola, abacaxi e evitar o alto consumo de sal, de alimentos com conservantes e de defumados.

A ingestão de alguns alimentos é um importante fator de risco para desenvolvimento de câncer de esôfago. É recomendável evitar a ingestão excessiva de alimentos em temperatura elevada, muito comum no sul do Brasil, por exemplo, o consumo do chimarrão. Além disso, a doença de refluxo pode aumentar em 70% o risco de uma pessoa desenvolver esse tipo de câncer.

Levantamento do A.C.Camargo junto a 120 pacientes com esse tipo de câncer mostra que 40% sofriam de refluxo, doença que atinge cerca de 20 milhões de brasileiros. Com o contato constante das enzimas digestivas com a parede do esôfago, o órgão passa a apresentar lesões e tecido parecido com o do intestino. As células danificadas por esse processo sofrem mutações e podem se tornar cancerígenas.

O tratamento é feito com dietas e mudança de hábitos alimentares. Deve-se evitar a ingestão de café, chá, refrigerantes, bebidas alcoólicas e alimentos com muito molho, principalmente o de tomate, que tendem a piorar os sintomas. É recomendado também que as pessoas não deitem logo após a refeição e mantenham o peso adequado.

Em linhas gerais, os alimentos funcionais que auxiliam na prevenção do câncer são os ricos em ômega 3 (salmão, atum, sardinha, chia e a linhaça), em licopeno (tomate, molho de tomate, goiaba vermelha, e melancia), em betacaroteno (cenoura e abóbora), em luteína e zeaxantina (espinafre e couve), em vitamina C (frutas cítricas como laranja, acerola e abacaxi), em isoflavonas (soja e feijão) e em alicina (alho).

“Vale ressaltar, no entanto, que os alimentos funcionais devem ser consumidos dentro do contexto de uma alimentação equilibrada, preferencialmente associado a um estilo de vida saudável”, destaca Ana Carolina Cantelli.

Oficina de Culinária
O A.C.Camargo criou, em 2009, a Oficina de Culinária Funcional. São aulas gratuitas e abertas para toda a comunidade. Em todas as aulas os nutricionistas dão dicas de como aproveitar o máximo de cada alimento e são distribuídas as receitas relacionadas ao tema do mês.

Além de temas voltados à alimentação preventiva de câncer, são abordados também temas voltados para controle de diabetes, hipertensão, doença celíaca (intolerância ao glúten), intolerância à lactose, dentre outros.

A próxima aula acontecerá no dia 30 de outubro e trará o tema Preparações sem Glúten. A programação de 2015 terá também a aula do dia 18 de dezembro (Preparações Saudáveis de Natal).

O hospital fica na rua Antônio Prudente, 211, Liberdade, São Paulo (SP), 2º subsolo, bloco A. A oficina de Culinária (adulto) acontece na última sexta-feira de cada mês par, às 16h. Inscrições pelo telefone: (11) 2189-5000 – Ramais 1051 / 1055 / 2151 / 2150.

Texto da Assessoria de Imprensa A.C. Camargo.

Comente!!

Indicamos

Receba nossas informações:

Nome:



Email: